Entrevista exclusiva com o cantor Falcão “o mestre da chifrência”

Falcão tem 30 anos de carreira e não dá pra falar de música de humor sem citar suas sátiras, muitas delas sobre “chifre”.

Nessa entrevista, além do brega e da sofrência, ele também dá detalhes das suas raízes na música sertaneja e faz uma crítica sobre o momento nem tanto criativo do país.

Referência no meio musical, Falcão foi homenageado pela rainha da sofrência, Marília Mendonça, que o citou em uma de suas músicas, Serenata:

“Agora é momozin’ ou momozão, eu sei que é brega
Me chama de Marília Mendonça ou de Falcão
Meu show agora é só voz e violão.”

Poucos sabem, mas Falcão também é cartunista e por isso sua veia humorística, que o levou a ser ator (atuou em duas séries na Globo e Multishow) e a fazer shows de stand up com música.

Em suas apresentações, ele também se destaca com suas dezenas de paletós coloridos que lembram o personagem “O Máscara”, encarnado pelo ator americano Jim Carrey.

Assista abaixo, e se divirta com um dos cantores que foi além da “sofrência” – é o mestre da “chifrência”.

COMPARTILHE

Be the first to comment on "Entrevista exclusiva com o cantor Falcão “o mestre da chifrência”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*