Inspiração, calmaria, luz, serenidade, leveza, alegria, paz e muito amor: A importância de Paula Fernandes na vida de um fã

O fã Brendon José Moreira Nisa conversou com o Festanejo sobre seu grande amor pela cantora

A música sempre esteve presente no DNA de Paula Fernandes. Natural de Sete Lagoas (MG), com apenas 10 anos, a jovem lançou o primeiro disco independente. Seu talento a levou a participar de diversos projetos ainda pequena: chegou a apresentar o programa de rádio “Criança Esperança”, e participou de atos na atração “Paradão Sertanejo”, da TV Band Minas.

Mas foi somente em 2005, com o álbum “Canções do Vento Sul”, que Paula conquistou reconhecimento no mundo musical. A faixa “Ave Maria Natureza”, presente no disco, foi trilha sonora da novela América, da Rede Globo, apresentando a voz da artista a todo o país. Em 2011, com o primeiro registro ao vivo, “Paula Fernandes: Ao Vivo”, a cantora foi indicada ao Grammy Latino, na categoria “Artista Revelação e Melhor Álbum de Música Sertaneja”.

Dona de uma voz inconfundível e de hits como “Pássaro de Fogo”, “Eu Sem Você” e “Não Precisa”, a sertaneja encanta e conquista corações de fãs por onde passa. É o caso do auxiliar- administrativo, Brendon José Moreira Nisa, de Atibaia, interior de São Paulo. Fiel admirador da artista, Brendon conversou com o Festanejo sobre a emoção de acompanhar a trajetória de uma das maiores artistas femininas do Brasil.

Há quanto tempo você é fã da Paula Fernandes?

Sou fã da Paula há nove anos. 

Como conheceu o trabalho da cantora?

Me recordo de ter ouvido a Paula pela primeira vez na rádio, em 2011, cantando a música “Pra você”, não conhecia o trabalho dela, nem a pessoa, mas me encantei com a voz. Certo dia, no mesmo ano assistindo TV, lá estava ela, a moça que cantou na rádio, Paula Fernandes, ela participava como jurada convidada na noite, em um programa da Rede Record que se chamava “Ídolos”.

Desde então procurei saber sobre sua trajetória, músicas… O que me fez admirá-la ainda mais. A conheci pessoalmente em fevereiro de 2019, no lançamento de seu álbum “Hora Certa” que aconteceu em São Paulo e ela é como sempre imaginei: Linda, com uma voz única e extremamente atenciosa e simpática com os fãs.

Em dezembro do mesmo ano, eu e alguns fãs fomos a um show dela no interior de São Paulo, ela nos viu e chamou todos nós para subirmos ao palco para dançarmos com ela a música “Traidor”. Sim, ela é fantástica!

Qual a maior loucura que você já fez por ela?

Acredito que sejam pequenas loucuras, mas constantes. Estou sempre viajando para vê-la, seja na capital ou interior de São Paulo, já fui para Minas e em agosto irei a Curitiba para o seu show. 

Sua família e amigos te apoiam nessas aventuras de fã?

Felizmente sim. Acredito que quando alguém faz o bem ou transmite paz à outra pessoa, não hámotivos para intervir, e é exatamente o que a Paula transmite através de suas canções. Minha família sempre que pode me acompanha aos shows da Paula. Eles admiram seu trabalho.

Se pudesse passar 24 horas ao lado da Paula, o que você faria?

Acredito que conversaria muito e sobre tudo! Ahh, ela teria que realizar meu sonho de fã, que é sentar ao seu lado num sofá, enquanto ela toca e canta “Quero sim” hahahahaha, (sim, ela fazia isso em sua turnê acústica, chamando um fã no palco e cantando essa canção, e era meu sonho ser o escolhido, mas vida que segue rsrsrsrs).

Gostaria de saber um pouco mais sobre a Paula Fernandes como pessoa e não artista, trocaria algumas ideias sobre carreira e falaria um pouco de mim enquanto fã. Resumidamente, é isso!

Para você, o que difere a Paula de outras cantoras sertanejas?

Certamente pela forma que ela compõe suas canções, onde 99% falam de amor. Ela é amor. A Paula tem sua marca registrada no meio, exatamente por isso, emocionar sempre, suas composições trazem paz, alegria e muita emoção. Mudar sua forma de cantar e compor, nunca foi uma opção, de fato isso a difere! 

Qual música dela tem mais significado para você? Por quê?

Sem sombras de dúvidas “Cartas no Porão”. Sempre falo que essa música não diz nada sobre a minha vida, ou alguma situação que passei, mas todas as vezes que ouço, não sei se por causa da melodia que é incrível, ou a letra que é forte e reflexiva, mas é tocar essa canção e sentir uma emoção diferente que eu sinto ouvindo qualquer outra música. 

Você é membro da central de fãs da artista. Como chegou até o fã-clube?

Sim, há um grupo de fãs no Whatsapp, entrei lá através da Central de Fãs da Paula no Instagram. 

Existem vários fãs clubes de cada cantor. Acha que vivem em harmonia ou tem uma certa concorrência no bom sentido?

Muitas das vezes tem concorrência sim, alguns fãs acham que seu ídolo é melhor que qualquer outro artista, e acabam expondo isso nas redes sociais o que acaba gerando bastante confusão entre os fandons, por parte dos intolerantes. A maioria de fato, não entende que todos os artistas têm talento, e que todos cabem no mundo, não tem que ter apenas um.

Qual a melhor parte em ser fã da Paula?

Certamente o fato de saber que se estou triste, basta ouvir alguns minutos de suas canções para tudo se tranquilizar, se estou feliz, suas canções vem para tornar tudo mais alegre. Através da Paula, conheci pessoas sensacionais e que quero levar para sempre.

Sua história de vida me inspira, suas músicas me acalmam, a Paula é inspiração, calmaria, luz, serenidade, leveza, alegria, paz e muito AMOR.

COMPARTILHE

Be the first to comment on "Inspiração, calmaria, luz, serenidade, leveza, alegria, paz e muito amor: A importância de Paula Fernandes na vida de um fã"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*