Fofocanejo

Marília Mendonça fala sobre suas composições: “Até hoje o povo fala que eu já fui amante”

Entrevistada por Leo Dias, a cantora revelou o medo de ser associada a estereótipos

Marília Mendonça abriu o coração em uma entrevista ao jornalista Leo Dias, do Metrópoles. No bate-papo, a rainha da sofrência falou sobre a autodescoberta na maternidade, o fenômeno do feminejo e a insegurança.

Apesar de todo o sucesso das suas músicas em todo o Brasil, Marília revelou que teve medo de ficar associada a um estereótipo. Mesmo com o tema sempre presente em suas letras, ela afirma que nunca foi amante.

“Eu tinha muito medo de que isso se transformasse em uma história pessoal da Marília, porque criei essa personagem. Quando você grava música de amante, você não quer ser vista daquela forma. Eu crio as coisas e depois fico querendo voltar atrás. Talvez seja algo que manche a imagem. Até hoje o povo fala que eu já fui amante”, conta Mendonça.

Confira também: Marília Mendonça anuncia nova live durante participação no “Mais Você”

No final de 2019, a cantora deu a luz ao primeiro filho, Leo, fruto do relacionamento com o cantor Murilo Huff. Com a maternidade, a sertaneja analisou questões internas e se descobriu moralista.

“Eu não gosto de falar que nunca faria alguma coisa. E também sou muito intensa. Mas depois que tive filho é mais difícil. Nunca achei que fosse uma pessoa moralista do jeito que eu sou”, declarou.

“Nunca pensei que eu fosse ficar com tanto medo de ter um filho sem ser casada. Lá dentro de mim, acho que existia uma pessoa “tradicionalzona” que eu não queria deixar transparecer nunca”, expôs.

A cantora, que recebe críticas diariamente, comentou como sobre a insegurança. “Para mim, sentir que sou foda é um estado. Porque eu sinto que sou foda quando tenho muitas visualizações. Mas sinto que não sou quando alguém me cancela. Ou quando o bebê chora e eu não consigo fazer nada”, analisou.

Confira a entrevista completa:

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *