Fofocanejo

Pabllo Vittar desabafa sobre diferença de posicionamento do YouTube com música de Zé Felipe

Questionada sobre o assunto, Poliana Rocha, mãe do sertanejo, publicou uma indireta para a drag queen nas redes sociais

Com o lançamento de “Bandido”, música de Zé Felipe, Pabllo Vittar usou suas redes sociais para desabafar sobre o tratamento que recebeu do YouTube quando lançou “Bandida”, com Pocah.

Em seu Instagram, Pabllo relembrou que ao divulgar a faixa, a plataforma restringiu o vídeo, fazendo com que a artista tivesse que adotar um asterisco no nome. A drag queen questionou porque não houve o mesmo posicionamento com a canção do sertanejo.

“Zé Felipe acabou de lançar uma música que chama Bandido. Uma música legal. Só que o YouTube não restringiu ele. Está escrito lá ‘Bandido’, com todas as letras”, disse.

“Por que comigo sempre é assim? Só um desabafo mesmo. Acabei de ver um tuíte no Twitter falando disso e, às vezes, parece que as pessoas ficam pegando no nosso pé, né? Mas isso só dá mais força para a gente conseguir fazer nossos trabalhos. Isso me entristece muito. Muito, muito mesmo”, finalizou Vittar.

Confira também: Zé Felipe lança o novo hit “Bandido” com MC Mari

Poliana Rocha, mãe de Zé Felipe, foi questionada sobre o assunto e utilizou uma citação de outro perfil para responder o seguidor.

“Por admiração ou por inveja, alguém sempre terá algo a dizer sobre você. Em qualquer dos casos, continue fazendo seus planos acontecerem enquanto eles falam”, publicou.

Pouco depois, Poliana afirmou ter se arrependido da indireta. “Eu estou com o coração super angustiado, por isso estou passando aqui. Eu acabei respondendo uma pergunta e acho que faltou muita interpretação de texto da minha parte. Estou aqui humildemente para pedir desculpas”, iniciou em uma série de Stories.

“Quero falar que minha intenção jamais é ofender ninguém. Ainda mais alguém que eu gosto como a Pabllo Vittar. Eu curto suas musicas, seu jeito de ser e quem realmente você é”, continuou Poliana.

“Todos nós somos passíveis de erros. Enquanto estamos em constante evolução e aprendizado”, encerrou.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.