ESTREIA – Lorranna Caixeta: Conheça a dupla caipira Leôncio e Leonel

Radialista apresenta uma das mais tradicionais duplas do sertanejo raiz

Oi gente, ‘ceis tá baum?’ Porque eu ‘tô’ demais da conta…

Hoje, irei contar um pouco de uma dupla que eu gosto demais. Uma dupla genuinamente caipira, formada pelos irmãos Benedito Leonel e Guido de Souza, nascidos em Itaju, interior de São Paulo.

Na região de Bariri, os irmãos Leôncio e Leonel passaram a infância entre a vida na lavoura de café e a música sertaneja, que mais tarde faria deles uma das duplas mais tradicionais do Brasil. O início da carreira profissional aconteceu na década de 50, quando os irmãos foram morar na capital em busca de trabalho e reconhecimento no meio artístico.

Com vozes agudas e potentes, não demorou muito tempo para Leôncio e Leonel ganharem admiração e confiança dos maiores nomes da música sertaneja da época, como Teddy Vieira, Tonico e Tinoco, Palmeira, entre outros. Com esse apoio, os irmãos ganharam espaço para se apresentarem nos principais programas de rádio.

A primeira gravação se deu em 1956, sendo cinco discos de 78 rotações, dos quais se destacaram os sucessos: “Casinha de Aço” e “Vai de Roda”. Com ótimos resultados e rápida aceitação do público, a jovem dupla de irmãos foi convidada a gravar o primeiro LP na gravadora Chantecler, que foi um sucesso de vendas, iniciando em 1961, com uma sequência de LPs de 1962 a 1970, época em que a dupla chegou a gravar dois LPs em apenas um ano. O sucesso também era enorme pelo Brasil, onde a dupla se apresentava em circos e rádios.

Nas décadas de 70 e 80, a dupla também lançou vários LPs pelas gravadoras Continental e Globo, e, por diversos motivos fizeram uma pausa nas gravações no ano de 1984. Em 1996, Leôncio e Leonel retomam as gravações e lançam um LP com o título “O Milagre da Viola”,  que tinha como principal característica ser uma coletânea somente de modas de viola, pois, além de ser um tipo de música genuinamente caipira, é uma modalidade em que a estrutura da música é baseada apenas no ponteado melódico da viola e dueto dos cantores. Deste modo, destacavam-se ainda mais na principal qualidade da dupla, as vozes potentes e agudas.

Continuaram cantando, gravando e apresentando um programa de rádio até 2002, ano em que Leôncio morreu. Leonel faleceu em 2013, encerrando a trajetória da dupla, que ainda hoje é sucesso e referência para violeiros e fãs da música sertaneja, assim como eu.

Espero que ‘oceis’ tenham gostado de saber um pouco dessa dupla tão importante para nossa música caipira. Deixo para ‘oceis’ algumas músicas de grandes compositores, interpretadas por Leôncio e Leonel.

Tragédia de Goiás (Composta por Grande Carreirinho)

Querida (Composta por Tuta e Leonel)

Vai De Roda (Composta por Teddy Vieira e Palmeira)

Cacho de Uva (Composta por Roque José de Almeida )

Mula Ruzia (Composta por Palmeira) 

Lavoura Da Saudade (Composta por Leôncio e Leonel)

Semana que vem estarei de ‘vorta’, trazendo ‘pro ceis’ um pouco da dupla Moreno e Moreninho. Deus Abençoe. Forte Abraço!

COMPARTILHE

1 Comment on "ESTREIA – Lorranna Caixeta: Conheça a dupla caipira Leôncio e Leonel"

  1. Que maravilha. Ainda bem que tem pessoas legais como você pra não deixar morrer a lembrança destes artistas. Muito obrigado

Leave a comment

Your email address will not be published.


*