COLUNA – Lorranna Caixeta: Conheça a música caipira de Zé Fortuna e Pitangueira

Oi gente, ‘ceis ta baum’? Porque eu ‘tô’ boa demais da conta!

Hoje vou conta um ‘tiquim pro ceis’ de uma dupla que gosto muito. Os irmãos Zé Fortuna e Pitangueira.

José Fortuna e Euclides Fortuna nasceram em Itápolis, no interior do estado de São Paulo. Zé Fortuna, desde criança, nas andanças com seu pai pela lavoura, já escrevia versos com pedaços de madeira, no chão de terra por onde caminhava.

A dupla Zé Fortuna e Pitangueira nasceu em 1947, e no mesmo período se mudaram para São Paulo, onde conheceram o acordeonista Juventus Merenda. E formaram um trio, no qual Merenda ficou por pouco tempo. 

Em 1948, conheceram o acordeonista Coqueirinho, formando com ele o trio “Os Maracanãs”. Se apresentaram, no mesmo ano, na Rádio Record de São Paulo. A acordeonista Rosinha substituiu Coqueirinho em 1953, e “Os Maracanãs” passaram a se apresentar com sucessos no programa “Terra, Sempre Terra”, da Rádio Bandeirantes, e entre outras também.

O sucesso era enorme e, no fim dos anos 50, passou a fazer parte do trio o acordeonista Zé do Fole, no lugar de Rosinha, dando forma definitiva ao trio, andando por todo o Brasil, e algumas cidades da América do Sul, com sua Companhia Teatral Maracanã. 

Lembrando que Zé Fortuna viajou por vários estados com peças teatrais escritas, dirigidas e, muitas vezes, interpretadas por ele mesmo. Compôs versões de canções paraguaias, aproximando o país vizinho com a música brasileira. Tem cerca de mais ou menos 2.500 letras de músicas, sendo 900 inéditas. Ele compôs sua primeira música 1942.

A primeira música gravada foi a “Moda das Flores”, por Torres e Florêncio, e desde então nunca mais parou. No dia 4 de abril de 1944, com o encerramento das atividades com sua companhia teatral, por ‘vorta’ de 1975, passou a se dedicar mais à composição.

Gravaram cerca de 40 LPs e muitos discos em 78 rotações. A grande parte das gravações do trio era composições de José Fortuna e Pitangueira. 

‘Oiá’ alguns sucessos: “Lembrança”, “A Menina de Tranças Loiras”, “Esteio de Aroeira”, “O Selo de Sangue”, “Retalhos De Amor”, “Paineira Velha”, “Crime de Amor”, “Lenda da Valsa dos Noivos”, “Voz de Criança”, “Punhal da Vingança”, ”Casinha de Ouro”, “Rainha do Campo”, “Cavalo Branco”, entre outros. 

José Fortuna morreu em 1983, e Pitangueira em 2013, deixando lindas canções, modas e guarânias. Uma dupla que, durante a carreira, misturou estilos novos à canção cabocla, eles ampliaram os  espaços de produção e veiculação da música caipira e aproximaram música e circo, música e teatro, música e literatura. 

Vou deixar ‘pro ceis’ alguns sucessos dessa grande dupla que contribuiu muito pra nossa música caipira!

As Duas Irmãs (Composição José Fortuna)

Paineira Velha (Composição José Fortuna)

Três Batidas na Porteira (Composição José Fortuna e Pitangueira)

Flor do Baile (Composição José Fortuna e Pitangueira)

Esteio de Aroeira (Composição José Fortuna)

Retalhos de Amor (Composição José Fortuna)

Senhora Aparecida (Composição José Fortuna)

O Italiano Leiloeiro (Composição José Fortuna)

Lembrança (Composição José Fortuna)


A Menina e Seus Bichinhos (Composição José Fortuna)

Moça do Carro de Boi (Composição José Fortuna e Carlos Cézar)

O Candidato e o Caipira (Composição José Fortuna)

Espero que ‘oceis’ tenham gostado de saber um pouco dessa dupla que nos deixou lindas canções! Semana que vem eu ‘vorto’ com mais coisas ‘pro ceis’! Que Deus abençoe cada um ‘do ceis’. Forte abraço.

Se você quer saber mais sobre sertanejo raiz é só ler as colunas anteriores da Lorranna Caixeta nos links abaixo:

Conheça a dupla caipira Leôncio e Leonel

Conheça a dupla caipira Moreno e Moreninho

Conheça a dupla Zilo e Zalo

Conheça a carreira de Raul Torres & Florêncio

COMPARTILHE

2 Comments on "COLUNA – Lorranna Caixeta: Conheça a música caipira de Zé Fortuna e Pitangueira"

  1. Guaratuba da dupla guatupe e Guaratuba | 14 de agosto de 2020 at 21:38 | Responder

    Eu tinha uma carteirinha de fã Club de Zé fortuna e Pitangueira assisti muitas vezes em circo

  2. Parabéns Lorranna…linda materia 🙏❤️

Leave a comment

Your email address will not be published.


*